"As pessoas fazem a História, mas raramente se dão conta do que estão fazendo." (Christopher Lee)









A História em vídeos

Loading...

sábado, 16 de março de 2013


Um ano após a última postagem, retorno e releio meus escritos, com novas ideias e desenvolvendo um novo projeto para 2013. Ficar um ano e três meses em casa, cuidando da Sofia foi uma experiência única. Agradeço a Deus por ter me dado essa chance de acompanhar de perto o primeiro ano da minha filha e vivenciar com ela cada aprendizado. Hoje ela já está andando e possui um vocabulário "amplo" de cinco ou seis palavras... Retorno ao trabalho com o coração na mão, mas sabendo que pude acompanhar de perto etapas tão importantes na vida de um bebê. O nascimento da Sofia me transformou numa pessoa melhor: mais paciente, mais observadora, mais generosa, mais cuidadosa e mais feliz. Tenho certeza que isso refletirá no meu trabalho e na minha relação com meus alunos. Retorno, disposta a dar o melhor de mim e contribuir, como tenho feito há quinze anos para a construção de um país melhor! Sem educação, é impossível dar um bom futuro aos nossos filhos e vou continuar lutando pela qualidade da educação no Brasil. Pela Sofia e por todas as crianças do nosso país!! 
Um grande beijo a todos e bem vindos ao blog Paisagens da História!!
Professora Eliene

quarta-feira, 14 de março de 2012

Minha flor, minha cor, minha cara...

Essa é a Sofia com apenas alguns minutos de vida!Ela nasceu no dia 30 de janeiro, com 3 quilos e 100 gramas e com 49 centímetros!
 Hoje já está com um mês e meio e cada vez mais parecida com a mamãe.
Sofia é linda e tem enchido as nossas vidas de alegria e beleza!
Aos meus queridos alunos que acompanharam a minha gravidez durante o ano de 2011, ofereço a foto que mais gosto. Depois de esperar nove meses para ver o rostinho da minha pequena, me deparei com essa fofura, toda inchadinha e eu achei a coisa mais linda do mundo! Nunca vi algo mais bonito!!
Estamos muito felizes! Em breve levarei a Sofia para vocês conhecerem pessoalmente!
Um grande beijo!
Eliene

quarta-feira, 28 de dezembro de 2011

Feliz Natal Nordestino


Amigos, mesmo com o atraso da data, gostaria de desejar a todos vocês e a todos que visitam o blog  um Feliz Natal e um Ano Novo cheio de realizações! Recebi esse vídeo de um amigo e achei fantástico, não podia deixar de repassá-lo com os sinceros votos de muita PAZ, SAÚDE E FÉ!!
Para finalizar deixo um trecho da música de um nordestino maravilhoso:
"Andá com fé eu vou que a fé não costuma faiá..."
Muita FÉ na vida!! É o que desejo a todos!!
Abraços, Eliene

quarta-feira, 9 de novembro de 2011

terça-feira, 8 de novembro de 2011

FESTA DE HALLOWEEN - CA2, 3, 4


A Festa de Halloween organizada pela professora Valéria foi um sucesso! Os alunos se divertiram muito e ficaram muito engraçados!!
Além de aprender um pouco mais sobre a cultura norte-americana nos deliciamos com os doces!! Parabéns Valéria e parabéns aos alunos que organizaram a festa.
Beijos, Eliene

sábado, 8 de outubro de 2011

I have a dream

Iniciados os trabalhos para a nossa Feira Cultural, as classes de Aceleração irão estudar  a história, cultura, arte e literatura africana e não vejo como iniciar esse trabalho sem falar da luta dos nossos irmãos negros de todos os cantos do mundo contra o racismo. Desta forma, inicio falando sobre dois ícones norte-americanos que lutaram pela igualdade racial e deram suas vidas em pról dessa causa: Martin Luther King e Malcolm X. Ambos viveram nos Estados Unidos e foram assassinados nos anos 60 por não se dobrarem diante da opressão e da discriminação.

Malcolm X e Marthin Luther King lutaram por suas convicções e incansavelmente pelos direitos civis dos negros norte americanos na década de 60.

Malcolm X se converteu ao Islamismo e militou contra a segregação racial no Estados Unidos. Possuia um discurso radical e extremista diante da supremacia branca e dos conflitos racias que abalava o país naquele momento.

Martin Luther King era pastor protestante, ativista político e formado em sociologia, tinha idéias pacifistas, um discurso de paz e amor ao próximo, lutava com ações pacifistas, sonhava com integração racial entre negros e brancos e chegou a ganhar o Prêmio Nobel da paz em 1964.
 
Ambos, a seu modo, e respeitando suas histórias e ideologias foram verdadeiros ícones que lutaram pela igualdade e liberdade, inspirando a luta contra todos os tipos de discriminação em diversos cantos do mundo!
 

terça-feira, 23 de agosto de 2011

Felicidade



"Se for para esquentar, que seja no sol;
Se for para enganar, que seja o estômago;
Se for para chorar, que chore de alegria;
Se for para mentir, que seja a idade;
Se for para roubar, que se roube um beijo;
Se for para perder, que se perca o medo;
Se for para cair, que seja na gandaia;
Se existe guerra, que seja de travesseiros;
Se existe fome, que seja de amor;
Se for para ser feliz, que seja o tempo todo!!"

Hoje acordei inspirada e pensativa... Pensando principalmente em como a gente tem a mania de complicar as coisas. A vida pode ser bem mais simples do que nos ensinaram, a felicidade pode estar bem mais perto do que pensamos, dentro de cada um de nós, "cada ser em si carrega o dom de ser capaz de ser feliz..." Não foi isso que nos ensinou e cantou o poeta? Busquemos a nossa felicidade hoje, com o que temos e com o que já conquistamos... Pra quê esperar para amanhã? A vida é agora!!

Beijos inspirados! Eliene

segunda-feira, 1 de agosto de 2011

SOBREVIVENDO COM LOBOS

As turmas de CA tiveram mais uma sessão de cinema e o filme visto comoveu a todos:
"Sobrevivendo com lobos!"


O filme se passa em Bruxelas, capital da Bélgica no ano de 1942  e retrata um dos episódios mais tristes da História: o holocausto.  Como personagem principal temos a menina Misha, de apenas sete anos de idade, que após ter seus pais presos pelos nazistas, começa uma fuga desesperada para escapar da morte e encontrar seus pais. Misha se vê sozinha e perdida, passa por situações inimagináveis para uma criança da sua idade: fome, medo e solidão. Mas a história muda quando Misha se depara  com uma família de lobos que a adota. Um amor único e uma amizade poderosa se desenvolve entre a menina e seus protetores. Misha passa por muitos episódios – alguns trágicos, alguns engraçados – mas todos intensamente comoventes. Os lobos vão ajudar a menina a sobreviver e dar-lhe forças para continuar sua missão.

Que tal postar aqui no blog a parte do filme que mais chamou a sua atenção?

Aguardo seu comentário!

sexta-feira, 22 de julho de 2011

Supérfulo Necessário

Revendo meus escritos da pós graduação hoje, encontrei um texto de Michel Maffesoli, intitulado "No fundo das aparências", resolvi reler e a leitura me trouxe muitas sensaçõe novas, reafirmou a minha certeza de que o mundo e as pessoas carecem de poesia, no sentido mais simples de seu significado "arte de nos emocionar, tocar sentimentos, sugerir emoções..." Estamos sérios demais, ocupados demais, deprimidos demais, fechados ao nosso corre-corre de cada dia e nos deixando levar por todas essas "novidades" da pós modernidade. Fechados na nossa solidão/ilusão de internautas, acreditamos que estamos usufruindo de todas os benefícios da vida moderna, mas nos esquecemos de apertar a mão dos amigos, tomar café juntos, fazer visitas, olhar nos olhos e não apenas mandar torpedos ou e-mails. A tecnologia tem tornado as relações cada vez mais impessoais. Como dizia meu adorável Zeca Baleiro: eu não espero mais um amigo pra o chá das cinco, mas para o "chat" das cinco.

Mas como fugir das armadilhas do mundo moderno? Invoco Michel Maffesoli (sociólogo francês e um dos fundadores da sociologia do cotidiano), "a solução parece estar nas práticas cotidianas que nos permitem viver o supérfulo necessário ou a cultura do sentimento, que se referem à valores que correspondem à socialidade e a solidariedade de base, que evidenciam a permanência de valores tradicionais que não foram desestruturados com a modernização."
"Supérfulo necessário"! Acho genial!
Enfim amigos, para escaparmos do horror da modernidade, sugiro que não deixemos de criar nossos lugares de socialidade, que garantam espaço para o "estar-junto", para a poesia e para a imaginação.
Beijos, Eliene

quarta-feira, 1 de junho de 2011

A Revolução Francesa (Trabalho CA3)

Vídeo modelo para o trabalho ilustrado sobre a Revolução Francesa.
Queridos, esse vídeo serve de modelo para o trabalho que vocês deverão entregar dia 14/06.

sábado, 21 de maio de 2011

A Inconfidência Mineira (Paródia)

Queridos, aí está o vídeo que servirá como modelo para o nosso trabalho de paródias sobre a Revolução Francesa.

Link para o trabalho- A Revolução Francesa: http://youtu.be/_Ikn2_pt_Ys

domingo, 1 de maio de 2011

Quem construiu Tebas e Águas Claras?


Perguntas de um Operário Letrado (Bertold Brecht)
 
Quem construiu Tebas, a das sete portas?
Nos livros vem o nome dos reis,
Mas foram os reis que transportaram as pedras?
Babilónia, tantas vezes destruída,
Quem outras tantas a reconstruiu? Em que casas
Da Lima Dourada moravam seus obreiros?
No dia em que ficou pronta a Muralha da China para onde
Foram os seus pedreiros? A grande Roma
Está cheia de arcos de triunfo. Quem os ergueu? Sobre quem
Triunfaram os Césares? A tão cantada Bizâncio
Sò tinha palácios
Para os seus habitantes? Até a legendária Atlântida
Na noite em que o mar a engoliu
Viu afogados gritar por seus escravos.
O jovem Alexandre conquistou as Indias
Sózinho?
César venceu os gauleses.
Nem sequer tinha um cozinheiro ao seu serviço?
Quando a sua armada se afundou Filipe de Espanha
Chorou. E ninguém mais?
Frederico II ganhou a guerra dos sete anos
Quem mais a ganhou?
Em cada página uma vitòria.
Quem cozinhava os festins?
Em cada década um grande homem.
Quem pagava as despesas?
Tantas histórias
Quantas perguntas...

Minha cidade cresce à todo vapor. A cada dia me surpreendo quando, de repente, um prédio novo desponta no ar. São pédios luxuosos, de vinte, trinta andares... E eles aparecem numa velocidade surpreendente, quando você menos espera, pronto, onde não havia nada, agora habita inúmeras vidas, famílias, histórias e sonhos... E diante da beleza, do luxo e da modernidade, muitas vezes nos esquecemos que cada viga, cada azulejo foram levantados por uma mão calejada, um olhar esperançoso e um rosto cansado! Quando me dou ao luxo de chegar do trabalho por volta das cinco da tarde, observo as paradas de ônibus lotadas de trabalhadores voltando para casa após mais um cansativo dia... Intimamente agradeço à cada um deles por terem levantado essa cidade que eu amo tanto e peço à Deus que os abençoe e lhes conceda a visibilidade que nós não os damos!
O poema de Bertold, escrito há quase um século, questiona a história oficial que se só preocupava em estudar a vida dos reis, dos fidalgos e dos homens ditos "ilustres", ou para usar um termo conhecido de quem estudou nos anos 80, "vultos históricos." Mas a história não é feita apenas pelos dominadores, a história é feita por todos nós, homens e mulheres comuns. A história é feita principalmente por aqueles que construíram Tebas e Águas Claras! E é para esses trabalhadores que ergueram nosso e tantos outros países, "no braço" que deixo hoje minha homenagem! PARABÉNS TRABALHADOR!!
Professora Eliene

domingo, 10 de abril de 2011

Flores para Realengo

Os bons morrem jovens (Renato Russo)

É tão estranho
Os bons morrem jovens
Assim parece ser
Quando me lembro de você
Que acabou indo embora
Cedo demais

Quando eu lhe dizia
Me apaixono todo dia
É sempre a pessoa errada
Você sorriu e disse
Eu gosto de você também
Só que você foi embora...
Cedo demais!

Eu continuo aqui
Meu trabalho e meus amigos
E me lembro de você
Em dias assim
Dia de chuva
Dia de sol

E o que sinto não sei dizer...
Vai com os anjos
Vai em paz
Era assim todo dia de tarde
A descoberta da amizade
Até a próxima vez...

O que dizer sobre a tragédia que aconteceu na Escola Municipal de Realengo no Rio de Janeiro? Não consigo encontrar palavras para lamentar esse triste episódio. Ficamos com um sentimento enorme de pesar, uma dor no peito e um pedido íntimo à Deus que console essas famílias e dê força para todos os envolvolvidos!
Todos os cidadãos brasileiros e em especial nós, da educação, devemos nos unir contra atos tão cruéis e desumanos como esse e trabalhar com nossos alunos valores que há muito estão sendo deixados de lado como o amor ao próximo, a solidariedade, a justiça social e o respeito a vida em todas as circunstâncias.
Sobre o jovem que cometeu tamanha crueldade, só posso dizer que, "não se nasce monstro, torna-se monstro." A menos que seja um caso de psicopatia grave, ao que tudo indica. 
Mas se for desvio comportamental,  será que a escola, e quando digo escola, me refiro ao sistema educacional como um todo, não errou com esse aluno?
Como nós podemos evitar a formação de monstros? A única resposta que me vem à mente agora é trabalhando incansavelmente valores, virtudes, a fim de contribuir para que nossos alunos sejam mais GENTE! Gente que se preocupa com gente, que ama gente, que respeita gente! Acho que é esse o nosso papel!
Adeus crianças!


terça-feira, 29 de março de 2011

Um adeus poético a José Alencar

Epitáfio
Ainda correm lágrimas pelos
teus grisalhos, tristes cabelos,
na terra vã desintegrados,
em pequenas flores tornados.

Todos os dias estás vivo,
na soledade pensativa,
ó simples alma grave e pura,
livre de qualquer sepultura!

E não sou mais do que a menina
que a tua antiga sorte ensina.
E caminhamos de mão dada
pelas praias da madrugada.

Cecília Meireles, in 'Poemas (1942-1959)'














Adeus José Alencar!


Morreu hoje aos 79 anos o vice-presidente mais carismático que o Brasil já teve. Oriundo de uma família pobre, Alencar provou que é possível superar os obstáculos que a vida nos impõe com trabalho e otimismo!
Alencar deixará para sempre uma mensagem de coragem, esperança e amor pela vida!

Que os anjos o recebam de braços abertos!



quarta-feira, 23 de março de 2011

O Contador de Histórias



As turmas de aceleração tiveram a oportunidade de assistir ao maravilhoso filme: "O contador de histórias" e estão realizando uma redação sobre o filme. Estou gostando muito dos resultados. As redações  mostram que os alunos realmente apreenderam o sentido do filme e se sensibilizaram com a história de Roberto, que se parece com tantas histórias, ora vividas, ora conhecidas por eles. Estamos prontos para dar início ao trabalho com o Memorial!
Agora serão vocês  que contarão as suas memórias. Tenho certeza que iremos nos emocionar com a história de vida de vocês! Vamos começar?

O CONTADOR DE HISTÓRIAS




Roberto Carlos Ramos nasceu em uma favela de Belo Horizonte, era o filho caçula de uma família de dez irmãos. Aos seis anos de idade foi ‘escolhido’ pela mãe para ser interno em uma instituição oficial, a antiga FEBEM. Roberto logo aprendeu as leis da sobrevivência na instituição: conviveu com a violência, maus tratos e desprezo.  Aos 13 anos, ainda analfabeto, depois de mais de 100 tentativas de fuga, separado da família, Roberto é visto como ‘irrecuperável’. Até o dia em que a pedagoga francesa Margherit Duvas (Maria de Medeiros) aproxima-se de Roberto com duas expressões que jamais lhe foram dirigidas – ‘com licença’ e ‘por favor’. Este foi o começo de uma emocionante e bem-sucedida história de afeto e dedicação. Margherit deu a Roberto o que ele mais precisava: carinho e confiança. Hoje Roberto Carlos Ramos é formado em pedagogia e é considerado um dos melhores contadores de história do mundo. Depois de formado, voltou à instituição em que cresceu – mas como professor. E já adotou mais de 20 meninos de rua, muitos, de início, ‘irrecuperáveis’, como ele foi.

Trailer do fime


terça-feira, 8 de março de 2011

segunda-feira, 7 de março de 2011

CARNAVAL

 Influenciado pelas festas carnavalescas que aconteciam na Europa, o carnaval chegou ao Brasil por volta do século XVII . Personagens como a colombina, o pierrô e o Rei Momo foram incorporados ao carnaval brasileiro, embora sejam de origem européia.  Os primeiros blocos carnavalescos começaram a aparecer  no final do século XIX. As pessoas se fantasiavam, decoravam seus carros e, em grupos, desfilavam pelas ruas das cidades. Pode estar ai a origem dos carros alegóricos, típicos das escolas de samba atuais.
Com o passar do tempo, o carnaval foi crescendo e tornando-se cada vez mais uma festa popular. Além dos carros alegóricos, as marchinhas carnavalescas deixavam o carnaval cada vez mais animado. Quem na nossa faixa-etária nunca dançou ao som de "olha a cabeleira do Zezé..." ou "se você pensa que cachaça é água..." Mas as marchinhas foram aos poucos dando lugar aos samba-enredo das escolas de samba e ao axé-music mega trio-elétricos.
Criada pelo sambista carioca chamado Ismael Silva, a primeira escola de samba surgiu no Rio de Janeiro e chamava-se Deixa Falar, transformando-se, anos mais tarde, na escola de samba Estácio de Sá. A partir dai o carnaval de rua começa a ganhar um novo formato. Surgem novas escolas de samba no Rio de Janeiro e em São Paulo e começam os primeiros campeonatos para verificar qual escola de samba era mais bonita e animada.

O espetáculo do Rio de Janeiro e São Paulo é realmente fabuloso, mas para mim, o melhor carnaval é o carnaval de rua, aquele em que as pessoas colocavam uma fantasia e saíam por aí, levando alegria e sonhos... Pena que esses blocos estão ficando cada vez mais raros... No centro-oeste então, nem se fala...
Assim, para muitos, resta assistir pela televisão aos diferentes carnavais: Rio, São Paulo, Olinda, Salvador e esperar a quarta-feira de cinzas onde todos, independente da classe social, voltam para a vida real.

Beijos, Eliene



segunda-feira, 21 de fevereiro de 2011

Ser negro

Ser negro

Ser negro é ter uma identidade mundial desfeita em cores
Ser negro é ter história, memória, um modo de ver, sentir e viver o mundo
Ser negro é lutar, festejar a liberdade, aquilombar-se sempre diante da opressão,
da desigualdade, do cinismo e do racismo.
Ser negro no Brasil, ou em qualquer outro lugar
é sangue, suor e sorriso.
Filhos do sol, quizumbeiros, religiosos, festeiros
Dignos herdeiros da força vital que recria
na dimensão da palavra escrita
o que é ser negro nos dias de hoje e em todos os dias.
Ser negro, tornar-se identidade e fazermo-nos poesia!

(O negro em versos, Luís Carlos dos Santos (org.))

terça-feira, 8 de fevereiro de 2011

A procura da felicidade...


O flme "A procura da felicidade" exibido ontem na Rede Globo, baseia-se em fatos reais e conta a história de Chris Garner, um vendedor muito pobre de São Francisco e seu filho Christopher de apenas 5 anos. Após ser abandonado pela mulher, Chris tem que criar o seu filho sozinho e provar para ele que a procura pela felicidade deve ser uma busca incansável. Mesmo passando por dificuldades inimagináveis para uma criança, Chris não deixa que o seu filho perca as esperanças e nem a dignidade.
 O filme é sobretudo uma história de amor e nos leva a refletir sobre a capacidade que cada um de nós temos de superar os obstáculos que a vida inevitavelmente nos impõe e buscar, de toda maneira, a nossa felicidade...

Eu indico o filme para meus alunos que ainda não assistiram... Uma história tão parecida com a de inúmeras crianças e pais que, apesar de tudo, sabem que viver vale a pena...

Beijos,
Eliene

segunda-feira, 24 de janeiro de 2011

Receita de Ano Novo!!!

Parque da Pedra Azul- ES

"...Para você ganhar belíssimo Ano Novo...
 Não precisa fazer lista de boas intenções
 para arquivá-las na gaveta.
 Não precisa chorar de arrependimento
 pelas besteiras consumadas
 nem parvamente acreditar que por decreto da esperança
 a partir de Janeiro as coisas mudem e seja claridade,
 recompensa, justiça entre os homens (...)
 Para ganhar um ano-novo que mereça este nome,
 você, meu caro, tem que merecê-lo, tem de fazê-lo novo.
 Eu sei que não é fácil mas tente, experimente, consciente.
É dentro de você que o Ano Novo cochila e espera desde sempre."
(Carlos Dummond de Andrade)
 Um maravilhoso Ano Novo para você!

Após quase um mês fora de Brasília e literalmente de férias, estou de volta à minha belíssima cidade e ao trabalho no Prodequi. Viajar é muito bom, mas sempre falo que o melhor mesmo é voltar para a casa, a nossa casa! Estou muito feliz com o retorno após uma viagem maravilhosa pelo Sudeste brasileiro. Belas estradas, natureza exuberante, lindas praias... Daqui a duas semanas recomeçam as aulas: caras novas, novos projetos e novas experiências. Aliás, a beleza da vida está justamente nisso: "ainda não fomos terminados," como dizia o mestre Guimarães Rosa. Tudo muda à todo instante, e a cada mudança, um novo desafio e uma nova esperança...

É muito bom estar de volta!!!
Feliz 2011!!!
Eliene








terça-feira, 21 de dezembro de 2010

FELIZ NATAL


É Natal.
Tempo de fé.
Felicidade nos corações humanos.
Esperança de dias melhores.
Inspirações de amor.
Família reunida.
União cristã.
Encontros acontecendo.
Festa preparada.
Estrela brilhando,
Cristo nascendo.
Tempo preparado, para vê-lo chegar.
Céu aplaudindo.
Caminhos se abrindo.
Vida florindo.
Mundo sorrindo.
Fraternidade se manifestando.
Gente perdoando.
Mãos se juntando.
Humanidade agradecendo.
Tudo é prece.
E momento de paz.
Ele veio para nos salvar...
Por isto
É Natal!

FELIZ NATAL e UM ANO NOVO DE MUITA PAZ e SUCESSO

ABRAÇOS...
Eliene

domingo, 5 de dezembro de 2010

Escrava Anastácia



Queridos alunos, percebo que a história da Escrava Anastácia os impressionou muito! É realmente uma história assustadora! Lenda ou realidade, o fato é que os sofrimentos que viveu a escrava ilustram como foi a vida dos negros no Brasil colonial e imperial. A violência física, sexual e moral eram rotina na vida dessas pessoas que tiveram sua liberdade e sua vida solapadas por um sistema cruel e desumano!
Como o negro sofreu em nosso e diversos outros países...
Pesquisar a história dos negros que apesar de tudo deram a volta por cima e lutaram contra todas essas desumanidades foi muito importante para nós! Precisamos dar visibilidade à essas pessoas que lutaram e até hoje lutam por um país livre da discriminação e do racismo! Gostei muito dos trabalhos de vocês, mostraram maturidade e sensibilidade para lidar com um tema tão importante e delicado como esse!
Que a partir de agora nós possamos levar adiante essa bandeira da luta contra toda forma de discriminação e racismo ainda presentes em nossa sociedade!!


 Um poquinho da história de Anastácia:
A existência da escrava Anastácia é colocada em dúvida pelos estudiosos do assunto, já que não existem provas materiais da mesma.
Seu culto foi iniciado em 1968, quando numa exposição da Igreja do Rosário do Rio de Janeiro em homenagem aos 80 anos da Abolição, foi exposto um desenho de Étienne Victor Arago representando uma escrava do século XVIII que usava Máscara de Flandres que permitia á pessoa enxergar e respirar, sem, contudo, levar alimento á boca.
No imaginário popular, a Escrava Anastácia era uma escrava de linda e rara beleza, que chamava atenção de qualquer homem. Ela era curandeira, ajudava os doentes, e com suas mãos, fazia verdadeiros milagres. Por se negar a ir para a cama com seu senhor e se manter virgem, apanhou muito e foi sentenciada a usar uma máscara de ferro por toda a vida, sem poder beber e nem comer nada, e ainda sendo espancada, o que a fez durar pouco tempo, tempo esse que sofreu verdadeiros martírios. Quando Anastácia morreu, seu rosto estava todo deformado. Escrava Anastácia é respeitada e cultuada tanto no Brasil quanto na África. (Fonte: Wilkipedia)



domingo, 21 de novembro de 2010

CONSCIÊNCIA NEGRA


Em 20 de Novembro no Brasil comemoramos o Dia da Consciência Negra. Celebrada em todo o país, a data foi escolhida por coincidir com o dia da morte de Zumbi dos Palmares, em 1695.
Alguns temas de suma importância para a sociedade brasileira como a inserção do negro no mercado de trabalho, cotas universitárias, a discriminação, o racismo e o preconceito, a autoestima negra são debatidos nesse dia, evidenciando a importância da mobilização e luta contra as desigualdades de oportunidades entre negros e brancos.
Pessoas que se destacaram na luta em favor do povo negro são lembradas e cultuadas como ícones de resistência ao preconceito e discriminação.
A data é também festiva! Em diversas regiões do país a cultura negra é relembrada e reverenciada como berço de toda a cultura brasileira.

Em sala de aula tivemos a oportunidade de conhecer diversas personalidades negras, pessoas ilustres, verdadeiros heróis, muitas vezes esquecidos pela nossa historiografia oficial.
Que tal falar um pouco aqui no blog sobre essas e tantas outras pessoas?
Inicio falando sobre um ator muito conhecido de todos: Lázaro Ramos, que além de excelente ator, leva sempre uma mensagem de igualdade racial em seus trabalhos. VALEU LÁZARO!









terça-feira, 16 de novembro de 2010

A Proclamação da República: Uma visão crítica



A Proclamação da República marcou o fim do Império no Brasil após 67 anos. No imaginário popular está a imagem do marechal Deodoro da Fonseca (1827-1892), como a figura central, o representante maior dos ideais de liberdade associados ao novo período. Entretanto, a instauração do novo modo de governo decorre de um processo histórico que desencadeou uma série de fatores que contribuíram para criar um cenário propício à República. Diversos fatores e agentes tiveram  importante função no gradativo enfraquecimento da Monarquia, dentre eles podemos citar abolição da escravidão, a oposição dos proprietários de terra, os desentendimentos entre D. Pedro e a Igreja Católica, dentre outros.

Em 14 de novembro de 1889, os republicanos fizeram circular o boato de que o governo imperial havia mandado prender Deodoro e o tenente-coronel Benjamin Constant, líder dos oficiais republicanos. O objetivo era instigar o marechal, um militar de prestígio, a comandar um golpe contra a monarquia. Deu certo: no dia 15, ele reuniu algumas tropas, que em seguida rumaram para o centro do Rio de Janeiro e depuseram os ministros de dom Pedro II.
O Imperador, que estava em Petrópolis, a 72 quilômetros do Rio de Janeiro, retornou para a capital na tentativa de formar um novo ministério. Mas, ao receber um comunicado dos golpistas informando sobre a proclamação da República e pedindo que deixasse o país, não ofereceu resistência e partiu para a Europa. Tamanho era o temor de que o Império pudesse ser restaurado que o banimento da família real durou décadas: apenas em 1921 os herdeiros diretos do imperador deposto foram finalmente autorizados a pisar em solo brasileiro.
No dia fatídico, Deodoro da Fonseca saiu de casa praticamente carregado por seus companheiros - o Marechal estava doente, com problemas respiratórios. Cavalgou quase a contragosto, ameaçado pela ideia de que o governo imperial, ao saber dos boatos sobre a proclamação, pretendesse reorganizar a Guarda Nacional e fortalecer a polícia do Rio de Janeiro para se contrapor ao Exército. Foi o republicano José do Patrocínio que, horas mais tarde, dirigiu-se à Câmara dos Vereadores do Rio de Janeiro, presidindo o ato solene de proclamação da República. Deodoro, a essa altura, estaria em casa, possivelmente assinando a carta que chegaria a seu amigo pessoal, o imperador Pedro II, informando, com grande pesar, o banimento da família real.
(Texto adaptado da Revista Nova Escola- Disponivel no site: http://www.revistaescola.abril.com.br/)



José do Patrocínio (Uma das figuras mais importantes do movimento abolicionista do Brasil e participou da Proclamação da República)

quarta-feira, 10 de novembro de 2010

Chico Buarque e Pablo Milanés

Como sou fã de música cubana e amo de paixão o Chico Buarque, resolvi trazer hoje pra vocês essa brilhante parceria...

Pablo Milanés é um cantor, compositor e guitarrista cubano, que traduz em suas melodias toda a beleza da música cubana, além de um importante engajamento político.


"E quem garante que a história é uma carroça abandonada numa beira de estrada ou numa estação inglória? A história é um carro alegre, cheio de um povo contente que atropela indiferente todo aquele que a negue..."
(Chico Buarque e Pablo Milanés)



(Chico Buarque e Pablo Milanês)

segunda-feira, 1 de novembro de 2010

BOM DILMAS, BRASIL!!!


Ontem, dia 31 de outubro de 2010, os brasileiros elegeram a primeira mulher Presidente da República no Brasil: Dilma Vana Rousseff, foi eleita para o período de 2010 a 2014. Economista, ex-ministra de Minas e Energia e da Casa Civil do governo Lula, Dilma do PT atingiu 55,43% dos votos válidos.
A eleição de Dilma Rousseff é um marco político comemorado por diversas organizações sociais e movimentos feministas e mostra que é possível sim, que as mulheres tenham representação em diferentes espaços sociais e políticos, algo fundamental num país em que a participação de mulheres sempre foi inferior à masculina nos principais cargos de decisão. A partir da eleição de Dilma, espera-se novas ações no sentido de promover políticas públicas para mulheres que sofrem o preconceito de gênero, ainda latente em nosso país. .
A vitória de Dilma, a meu ver, é repleta de simbolismos e também reflete um outro avanço: Trata-se da sucessão de Lula , um ex-operário, de origem pobre e nordestino. Agora elegemos uma mulher. Isso mostra que o povo brasileiro está abrindo espaço para uma nova configuração de poder que não contemple apenas a elite política e patriarcal, tão característica do coronelismo. Na escolha do nosso representante maior, primeiro superamos o preconceito social e de origem e agora o preconceito de gênero. Um bom sinal para um país multicultural, multirracial e agora também, multifacetado.



Bom Dilmas, Brasil!!

Com muita esperança no coração de que o nosso país continue melhorando e dando atenção àqueles que  mais precisam!!

Abr@ços, Eliene





sábado, 16 de outubro de 2010

Parabéns professor!! Por D. Pedro II...

"Se eu não fosse imperador, desejaria ser professor. Não conheço missão maior e mais nobre que a de dirigir as inteligências jovens e preparar os homens do futuro!"
(D. Pedro II)

domingo, 10 de outubro de 2010

Diga NÃO às drogas!

                                                               Clique aqui:
                                                             Diga NÃO às drogas!

Queridos alunos! Algo muito triste está acontecendo na nossa cidade: o alto índice de uso de drogas por jovens e crianças! Muitos estão com as suas vidas completamente destruídas por causa das drogas, principalmente o crack, uma droga pesada que pode viciar logo na primeira vez que for experimentada. No início as drogas podem até "dar um barato" mas em pouquíssimo tempo ela pode tomar conta da sua vida e de suas ações, fazendo com que você se torne totalmente dependente dela, um verdadeiro escravo. Por isso, DIGA NÃO ÀS DROGAS!!  Ajudem seus colegas que estão nessa situação com carinho, conselhos e solidariedade! Se você souber que alguém está oferecendo drogas na escola ou na comunidade, fale para seus pais, professores, SEJAMOS ALIADOS NA PREVENÇÃO AO USO DE DROGAS!!

NÃO ACEITEM, NÃO EXPERIMENTEM  E NÃO SEJAM CÚMPLICES DA VENDA DE DROGAS EM NOSSA COMUNIDADE!!

ESTAMOS JUNTOS NESSA LUTA!!

Abr@ços, Eliene

segunda-feira, 4 de outubro de 2010

Buenos Aires

Meninos, a capital da Argentina é linda! O antigo e o moderno dão um tom de romantismo e o clima frio, aquecido com os muitos cafés que se espalham pela cidade, tornam o passeio ainda mais aconchegante e inesquecível! O monumento que ilustra a foto é o Obelisco, cartão postal e símbolo da cidade.
Beijos, Eliene

quarta-feira, 22 de setembro de 2010

Tim Maia "É Primavera... Vai chuva..."


Amanhã começa a estação mais linda do ano, a primavera!! E Tim Maia cantou a primavera e o amor como ninguém! O blog Paisagens da História dá boas vindas à primavera e ao AMOR!!!
Muitas flores pra você!!

É primavera... Te amo!!!

POEMA DE PRIMAVERA

Metamorfose dos encantos
Encaixe dos sentimentos
Delicadezas se ondulam em flores
Nas asas da imaginação
Seu sorriso, meu disfarce
Me perco no equinócio do seu florescer
Num canto bem adubado do meu coração
Outra semente germina
Pulula em vida pós-inverno
De begônias e hortênsias
Ornando meu caminhar.
Quem hibernou, involuntário
Ao saltar para a primavera
Encontra suave brisa
A refrescar a tez acalorada febrilmente.
Enfim vitória de uma semente
É primavera chegando
A esperança renascendo
O colorido tingindo
O caminho do passante
Desencasula... para a vida
Desacrisola... para a maturidade
As forças da natureza me deixam e êxtase
Momento de recomeçar
Floreça em mim a primavera de minh'alma
As lágrimas transformem-se em suave brisa
Ou num orvalho manso a regar meu coração...
Estação das flores dentro de mim,
Reaja ao inverno sequioso dos sonhos meus
E brotem novos sonhos
Novas forças,
Nova vontade de sonhar.
Caminho lentamente, mas com firmeza
Esqueço o que doeu
Apago o traço da dor
Aborto a palavra saudade
Construo ruas de felicidade
Onde dançarei a dança da paz
Com o arco-iris a brincar
Ao vento vão os pensamentos
Novos sonhos, novos alentos
O tempo... ah, o tempo! Meu íntimo confidente,
A primavera me trouxe.
Um dia novo está surgindo
Um sonho novo me envolve
Vida nova...
Saúde...
Paz...
Enfim, a primavera me beija a face.

Alice Poltronieri


quarta-feira, 15 de setembro de 2010

O TOPO DO MUNDO

Galera, curtam essa vista maravilhosa! Foi o que eu tive a oportunidade de vislumbrar esse feriado. O local é chamado de "Topo do Mundo". Situado a uma altitude de 1.450m, no alto da cordilheira da Serra da Moeda, em Belo Horizonte. Não tive coragem de voar, mas de tão alto que é o lugar, já parecia que eu estava voando!! Passei horas admirando a natureza e feliz por morar em um país tão abençoado como o nosso!! Diante de uma natureza tão estonteante, só nos resta admirar, respirar um ar puro de montanha e voltar para casa de "alma lavada!"
Abraços  e beijos!! Eliene

sexta-feira, 3 de setembro de 2010

A INDEPENDÊNCIA DO BRASIL


No próximo 7 de setembro, comemoramos a Independência do Brasil. Nesta data, no ano de 1822, o Brasil se tornou independente de Portugal, deixamos de ser colônia e nos transformamos num Império, e pasmem: com um rei português. Mesmo assim, a data foi, sem dúvida, um dos momentos mais importantes e gloriosos do país. Por isso, deve ser comemorado não apenas como uma festa mas, sobretudo, como um evento para reflexão sobre os rumos que a nação vem trilhando em sua história desde de 1500, data oficial de seu descobrimento.
É certo que demoramos muito tempo para conquistar a nossa real independência, mas D. Pedro I, às margens do Rio, ou melhor, riacho Ipiranga, deu um importante passo para a nossa soberania, dando início à formação do nosso estado nacional.
Por isso, comemoremos a data com a certeza que a liberdade é uma das principais conquistas de um povo.  INDEPENDÊNCIA OU MORTE!!!  
Como disseram os mineiros: "Liberdade ainda que tardia!"

BEIJOS E BOM FERIADO!!

sexta-feira, 27 de agosto de 2010

Estrela Solitária


Ontem, voltando para casa após mais um dia de trabalho, passei pelo Centro de Taguatinga e ao parar no semáforo, qual foi a minha surpresa... Uma estrela solitária e militante, entregando panfletos e de bandeira em punho. Num período de banalização das bandeiras, ou melhor, num período onde não temos mais coragem de empunhar uma bandeira em praça pública, ver uma estrela solitária em pleno Centro de Taguatinga me causou emoção e saudade. Saudade dos anos anteriores, quando naquele mesmo semáforo, não víamos uma, mas dezenas de estrelas brilhando e EU ERA UMA DELAS, que além de balançar com orgulho nossa bandeira, levava um sorriso sincero e uma esperança enorme no peito. Infelizmente, após tantos escândalos, alianças espúrias e o assassinato da utopia, as bandeiras espontâneas e corajosas não mais nos encantam com o seu balançar, e ficamos a pensar se um dia ainda teremos coragem e vontade de ir para as ruas, lutar pelo que sonhamos e acreditamos... Tudo isso me fez lembrar da música do nosso genial Renato Russo: "Até bem pouco tempo atrás, poderíamos mudar o mundo, quem roubou nossa coragem?"
Apenas um desabafo...
Beijos, Eliene

sexta-feira, 13 de agosto de 2010

Um passeio pelas postagens do blog

Notícias sobre filmes

Ocorreu um erro neste gadget

Cute Baby Animal Pictures