"As pessoas fazem a História, mas raramente se dão conta do que estão fazendo." (Christopher Lee)









A História em vídeos

Loading...

quarta-feira, 14 de julho de 2010

PABLO NERUDA



Se não puderes ser um pinheiro, no topo de uma colina,
Sê um arbusto no vale mas sê
O melhor arbusto à margem do regato.
Sê um ramo, se não puderes ser uma árvore.
Se não puderes ser um ramo, sê um pouco de relva
E dá alegria a algum caminho.
Se não puderes ser uma estrada,
Sê apenas uma senda,
Se não puderes ser o Sol, sê uma estrela.
Não é pelo tamanho que terás êxito ou fracasso...
     Mas sê o melhor no que quer que sejas.


Neruda, além do prêmio Nacional, ganhou o Nobel de literatura, assim como o título Doutor Honoris Causa pela Universidade de Oxford, Grã-Bretanha.
Em 1945 esteve no Estádio do Pacaembu, onde leu uma homenagem para o líder comunista Luis Carlos Prestes. A platéia tinha aproximadamente cem mil pessoas.
O poeta, que também atuou como cônsul e senador. Morreu de câncer na próstata em setembro de 1973.


Abraços poéticos a todos e sucesso!
Eliene

Um comentário:

  1. Hummmm... Neruda é muito luxo! Bem lembrado minha amiga historiadora! Eva

    ResponderExcluir

Um passeio pelas postagens do blog

Notícias sobre filmes

Ocorreu um erro neste gadget

Cute Baby Animal Pictures