"As pessoas fazem a História, mas raramente se dão conta do que estão fazendo." (Christopher Lee)









A História em vídeos

Loading...

domingo, 11 de julho de 2010

Vinícius de Moraes

"O POETA QUANDO SE VAI, FICA..."

 HÁ TRINTA ANOS SE FOI UM DOS NOSSOS MAIORES POETAS, O MARAVILHOSO VINÍCIUS DE MORAES. ENTRETANTO, SUA POESIA, SUA ARTE E SUA MÚSICA PERMANECE MAIS VIVA DO QUE NUNCA, EMBALANDO PAIXÕES E NOS FAZENDO REVIVER NOSSAS SAUDADES E NOSTALGIAS EM FORMA DE POESIA.

De Vinícius, o meu predileto é: Soneto da Hora Final

Será assim, amiga: um certo dia
Estando nós a contemplar o poente
Sentiremos no rosto, de repente,
O beijo leve de uma aragem fria.

Tu me olharás silenciosamente
E eu te olharei também, com nostalgia
E partiremos, tontos de poesia
Para a porta de trevas, aberta em frente.

Ao transpor as fronteiras do segredo
Eu, calmo, te direi: - Não tenhas medo
E tu, tranqüila, me dirás: - Sê forte.

 E como dois antigos namorados
Noturnamente tristes e enlaçados
Nós entraremos juntos nos jardins da morte.


Um passeio pelas postagens do blog

Notícias sobre filmes

Ocorreu um erro neste gadget

Cute Baby Animal Pictures